null Palestras, visitas técnicas e dinâmicas marcam o último dia da 8ª edição da Feira das Profissões

Sex, 17 Maio 2024 18:37

Palestras, visitas técnicas e dinâmicas marcam o último dia da 8ª edição da Feira das Profissões

Evento aconteceu durante dois dias e explorou equipamentos e cursos das áreas de Comunicação e Gestão, Direito, Saúde e Tecnologia


As atividades reuniram estudantes de diversas escolas de Fortaleza, proporcionando a oportunidade de esclarecerem dúvidas sobre suas futuras áreas de atuação (Foto: Tarsila Saunders)
As atividades reuniram estudantes de diversas escolas de Fortaleza, proporcionando a oportunidade de esclarecerem dúvidas sobre suas futuras áreas de atuação (Foto: Tarsila Saunders)

A Feira das Profissões da Universidade de Fortaleza, instituição de ensino mantida pela Fundação Edson Queiroz, é um evento dedicado a ajudar estudantes a compreenderem melhor as possibilidades de suas futuras atuações profissionais. Por meio de visitas guiadas, palestras e atividades interativas, a Unifor apresenta o mundo do trabalho a partir da perspectiva de seus diferentes cursos, proporcionando experiência imersiva e educativa. 

Nesta sexta-feira (17), encerrou-se a 8ª edição da feira, que contou com programação diversificada, incluindo palestras, visitas técnicas guiadas, estandes de diferentes cursos e dinâmicas interativas, permitindo aos jovens explorar variadas carreiras e áreas de atuação.

Na área de Comunicação e Gestão, os estudantes puderam conhecer laboratórios de mídia, estúdios de gravação e salas de simulação de ambientes corporativos, além de obter informações sobre cursos como Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Administração e Marketing

A área de Saúde se destacou por demonstrações de equipamentos médicos, laboratórios de simulação clínica e exposições de cursos como Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição, proporcionando aos estudantes visão realista das práticas e desafios diários desses profissionais.

Já no setor de Tecnologia, a feira apresentou laboratórios de informática, workshops de programação, robótica e inteligência artificial, oferecendo insights sobre cursos como Engenharia da Computação e Ciência da Computação.

No âmbito do curso de Direito, foram apresentadas salas de audiências simuladas, recursos para estudos jurídicos e detalhes sobre a prática advocatícia e outras carreiras jurídicas.

Um destaque especial foi a visita técnica ao Escritório de Práticas Jurídicas (EPJ), em que estudantes puderam observar de perto o funcionamento de um ambiente real de trabalho jurídico. No EPJ, foram demonstradas atividades práticas que os alunos de Direito realizam, como atendimento a casos reais, elaboração de peças processuais e participação em audiências supervisionadas.

Experiências práticas que expandem horizontes

Os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer instalações e projetos do EPJ que compõem o Núcleo de Pesquisas e Projetos Especiais (NUPESQ). A visita incluiu série de atividades e explicações.

A professora Ana Paula Melo conduziu a visita e explicou demandas do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), mostrando salas de atendimento e destacando oportunidades de prática para os alunos a partir do segundo semestre, quando podem iniciar estágios em escritórios. 

Durante a visita, os estudantes conheceram a Comissão de Defesa do Consumidor (Procon-Assembleia), em que são tratados casos de direito do consumidor. A professora Ana Paula esclareceu que a resolução dessas questões ocorre em âmbito administrativo, sem a necessidade de recorrer ao sistema judicial, o que agiliza a resolução de conflitos.

Entender melhor a decisão da graduação

Para Pedro Cisne, estudante do Colégio Master, o evento foi crucial em sua jornada de descoberta profissional. Ele teve a oportunidade de explorar diversas áreas de interesse e esclarecer dúvidas relacionadas à sua principal inclinação, o Direito.

“A visita ao EPJ me proporcionou conhecer as múltiplas possibilidades dentro do campo do Direito. Fiquei impressionado ao ver como os estudantes têm a oportunidade de se envolver em atividades práticas em um ambiente de escritório real, experiência que considero extremamente valiosa para enriquecer meu currículo”, explica o aluno. 

A docente de Direito, Ana Paula Melo, que ministrou a visita técnica, ressaltou a importância dessa iniciativa para os estudantes que estão prestes a ingressar na universidade. Ela destacou que essa experiência proporciona aos alunos uma visão clara do que encontrarão durante o curso, preparando-os de maneira adequada para essa nova etapa de suas vidas acadêmicas.

“Essa experiência proporciona aos alunos um olhar abrangente do que os espera na universidade, marcando o início de uma nova etapa repleta de responsabilidades. Ao participarem dessas atividades práticas, os alunos começam a se preparar para entender mais sobre sua inserção no mercado de trabalho, adquirindo habilidades necessárias para enfrentar desafios profissionais que encontrarão”, pontua a profissional. 

Ketchule Fontenele, estudante do Colégio Serviço Social da Indústria (SESI), está determinado a cursar Direito após concluir o ensino médio. Ela destaca que o Direito é sua verdadeira paixão, e a visita ao escritório contribuiu significativamente para ampliar seus horizontes nessa área tão apaixonante.

“Quanto à estrutura do EPJ, foi simplesmente incrível. Eu imaginava que fossem apenas algumas salas de audiência, mas há muito mais do que isso. Há diversos laboratórios que nos permitem ter uma experiência prática real, não apenas simulada, lidando com pessoas reais da comunidade local. Fiquei extremamente impressionada e interessada”, finaliza a estudante.