Curso de Energias Renováveis da Universidade de Fortaleza é citado pela revista Você S/A

A graduação da Unifor é para quem quer trabalhar no planejamento, implantação, construção, manutenção e operação de sistemas de geração de energia elétrica baseados em fontes renováveis.

A Universidade Fortaleza é considerada pela revista Você S/A como uma das principais instituições que oferecem curso de bacharelado em Energias Renováveis. A citação está na reportagem “Descubra como é trabalhar na área de energias renováveis, um mercado a todo vapor”, que foi publicada em 5 de julho. A revista é voltada para o mercado empresarial e para quem quer fazer a gestão da carreira e das finanças pessoais.

“O Ceará é um dos destaques na produção de energia a partir  dos ventos: são mais de 80 parques eólicos (os outros protagonistas dessa história também são nordestinos: Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia”, diz um trecho da mesma reportagem.

O curso de Energias Renováveis da Unifor é para quem quer a melhor formação na área e pretende trabalhar no planejamento, implantação, construção, manutenção e operação de sistemas de geração de energia elétrica baseados em fontes renováveis. Os profissionais  podem atuar de forma autônoma ou em empresas de geração, transmissão, concessionárias de distribuição de energia, companhias de comercialização de energia, cooperativas de eletrificação, indústrias e organismos reguladores, entre outras.

Agenda 2030

Segundo dados do Ministério de Minas e Energia do Brasil, as fontes renováveis atingiram em 2019 uma demanda de participação de 46,1% na matriz energética, o que representa aproximadamente três vezes o percentual mundial. A ampliação do uso de energias renováveis na matriz energética é um dos compromissos assumidos pelo país na Agenda 2030. Entre os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, está a Energia Acessível e Limpa (ODS 7), que prevê garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e renovável para todos. 

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade. Estes são os objetivos para os quais as Nações Unidas estão contribuindo a fim de que se possa atingir a Agenda 2030 no Brasil. Entre outras metas, cabe ao País aumentar substancialmente a participação de energias renováveis na matriz energética global até 2030 e manter elevada a participação de energias renováveis na matriz energética nacional.